Matemática Divertida





"A numeração escrita nasceu, nas épocas mais primitivas, da necessidade de manter registos de gado ou outros bens, com marcas ou traços em paus, pedras, etc. Os sistemas de escrita numérica mais antigos que se conhecem são os dos egípcios e dos babilónios, que existem aproximadamente desde o ano 3500 a.C. "
Presentemente, a matemática é a ciência do raciocínio lógico e abstrato, rigorosa e precisa. A parte maioritária das teorias, leis e regras descobertas há muitos anos atrás ainda hoje se mantêm válidas e corretas, no entanto a matemática continua a modificar-se e a desenvolver-se dia após dia.
No mundo de hoje, é nos bastante perceptível que o contato dos jovens com a matemática é muito diminuto ou em casos extremos é mesmo nulo. Existem atitudes de estudantes que pura e simplesmente nos deixam estupefatos. Alguns deles, quando se vêm forçados a ter de tomar uma decisão que lhes vai condicionar o futuro (escolher curso ou área) não pensam duas vezes. Se só tiverem duas hipóteses e se numa delas a específica for matemática, a escolha está tomada, recaem sobre a hipótese sobrante para "fugir" à tão temível matemática. Mas porque é esta disciplina tão temível assim? Porque é encarada como um bicho-de-sete-cabeças pela maioria dos adolescentes? Na realidade, se colocarmos estas simples questões aos jovens que insistem em dizer que a matemática é a coisa mais difícil do mundo, eles não saberão dizer o porquê. Apenas dizem que é difícil e que não gostam porque a maioria o diz ou porque mesmo sem sequer ter tido alguma experiência tem essa ideia pré-concebida (errada).
A culpa não é somente dos jovens, a sociedade que os rodeia acaba por ser a principal culpada. É intolerável ou mesmo inaceitável, a existência de crianças que única e exclusivamente adquirem "contato físico" com os números pela primeira vez na escola primária (desenhar os algarismos ou mesmo a contar até dez). Este primeiro contato deveria ser efetuado logo nos primeiros anos de vida da criança porém, não vamos chegar ao cúmulo de ensinar a tabuada a uma criança de 2 anos, pois ela não terá capacidade para tal. Apenas deveria existir uma proximidade crianças vs matemática desde mais cedo.
Nos dias que decorrem, a matemática pode ser encarada com outros olhos. Existem inúmeras estratégias para se divertir e aprender de forma engraçada e diferente no campo dos problemas/desafios/enigmas e truques matemáticos, numerologia, ilusões de óptica, já para não falar nos imensos jogos que estimulam a memória e a concentração.
Esta fascinante disciplina, pode ser utilizada como método relaxante. Depois de um dia cansativo, sempre a correr de um lado para o outro, sem ter tempo para nada, é excelente para a mente, poder parar uns minutos e descontrair com a ajuda de um livro de desafios matemáticos, por exemplo "Sudoku".
A matemática está sempre presente. Ela acompanha-nos para todo o lado. É utilizada por todos em qualquer sítio e em qualquer momento, mesmo que muitos a usem sem terem essa noção, usam-na portanto inconscientemente.




author
Prof° Walter Coelho
Resolvi ensinar matemática de um jeito diferente, compartilhando!!!